Nossa Senhora dos anjos

Nossa Senhora dos anjos
Nossa Senhora dos Anjos

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

ORAÇÃO DE CO-CRIAÇÃO






ORAÇÃO DE CO-CRIAÇÃO
Mario Liani


Eu, (diga o seu nome), tenho fé que o meu “Eu Superior” é sempre meu instantâneo, constante e generoso supridor.

Eu, (diga o seu nome), tenho fé que o meu “Eu Superior” sempre abre os meus caminhos, ainda que, humanamente, possa parecer que não existam meios.

Eu, (diga o seu nome), tenho fé que o meu “Eu Superior” guia sempre todos os meus projetos, mantendo a minha saúde, felicidade e prosperidade.

Eu, (diga o seu nome), tenho fé que a minha paz interior está sempre segura com a ajuda do meu “Eu Superior”, que é o meu Eu mais elevado e a parte de Deus que está em mim.

Com licença do Grande Espírito, que tudo rege e tudo governa.

Com licença da Mãe Terra, justa, generosa e dadivosa.

Com licença dos Quatro Elementos, das Quatro Direções Magnéticas e de todos os Devas Supralumínicos, Eu, (diga o seu nome), saúdo a todos e honro o fato de estar junto de vocês.

Com licença de todos os meus Guardas e Guias Espirituais e da Grande Fraternidade Branca,

Eu, (diga o seu nome), nesta hora e neste momento, convoco todos os Seres de Luz que tutelam os meus caminhos, para lhes pedir afeto, bondade, compreensão, ajuda, conselhos, informação, instrução, sabedoria, Luz, muita Luz, para que juntos possamos percorrer o caminho que foi traçado por nós mesmos, nas mais altas regiões do Espírito.

Através de vocês, Amados Guias, Eu, (diga o seu nome), dirijo-me à fonte criadora do Espírito:

Como ser multidimensional que sou, Eu, (diga o seu nome), afirmo que eu sou sagrado e mereço estar aqui na Terra, para receber suas respostas, querido Espírito, meu magnífico sócio.

O que posso fazer para ser um melhor sócio seu?

O que quer que eu saiba?

O que deveria fazer agora? Onde deveria estar agora?

O que devo fazer para que aconteçam os eventos adequados na minha vida?

Dá-me as instruções para atuar, dá-me a sincronicidade no meu viver, que me mostre as respostas, e eu lhe responderei estando alerta para evitar acidentes na minha vida.

Eu, (diga o seu nome), como ser multidimensional que sou, festejo o meu compromisso de estar neste lugar, pois eu vivo no Agora, tenho a minha paz, tenho a visão da totalidade e sei que as soluções estão 

esperando até que eu chegue no Agora, pois ao planejar todas as provas que devia assumir nesta vida, desde o mais profundo da minha sabedoria interdimensional, eu criei todas as soluções, pois não há lugar dentro de mim onde a criatividade não se manifeste.

Eu, (diga o seu nome), como ser multidimensional que sou, apago agora todos as cláusulas de todos os meus antigos contratos e decreto agora a minha renúncia definitiva a todas as crenças, implantadas ou não, que eu possa ter; eu decreto agora a minha renúncia definitiva a todos os 

domingo, 30 de agosto de 2015

A ARTE DE SER FELIZ



A ARTE DE SER FELIZ

Houve um tempo em que minha janela se abria sobre uma cidade que parecia ser feita de giz. Perto da janela havia um pequeno jardim quase seco.
Era uma época de estiagem, de terra esfarelada, e o jardim parecia morto. Mas todas as manhãs vinha um pobre com um balde e, em silêncio, ia atirando com a mão umas gotas de água sobre as plantas. Não era uma regra: era uma espécie de aspersão ritual, para que o jardim não morresse.
E eu olhava para as plantas, para o homem, para as gotas de água que caíam de seus dedos magros e meu coração ficava completamente feliz.
Às vezes abro a janela e encontro o jasmineiro em flor. Outras vezes encontro nuvens espessas. Avisto crianças que vão para a escola. Pardais que pulam pelo muro.

Viver Pleno de Graça






ASSUMAM UM VIVER PLENO E CHEIO DE GRAÇA



Palas Athena
Através de Vinícius Francis
29 Agosto 2015


                                   PRECE

"Que a sabedoria seja a canção dos meus lábios e que eu a entoe em todo tempo, 
  edificando, abençoando e louvando a cada instante do meu existir.

Que meu cesto esteja cheio de boas sementes e que eu saia pelo solo fértil do 
  Universo semeando o amor em todos os corações. Onde houver uma
alma que necessite, que eu tenha para ela uma semente desse amor e que eu 
  escolha semeá-la.

Que a paz seja meu estado constante, para que através dela eu tenha clareza e 
  discernimento para caminhar. E em cada passo, que a luz me
envolva, para que eu jamais tropece, para que eu jamais me afaste do rumo da 
  excelência, pois nela, sou pleno, forte e seguro.

Que o meu viver seja um instrumento nas mãos Daquele que me deu vida e que 
  eu decida, a cada momento, fazer da minha vida uma oportunidade
de acrescentar algo de bom.

Que minhas palavras sejam de cura, que minhas atitudes sejam de fé, que meus 
  sentimentos sejam baseados no amor."

Caminhantes da eterna jornada da vida, aqui estou eu novamente, perante vocês, 
  para dar-lhes minhas palavras e reforçar o compromisso que temos uns com os 
  outros de espalhar o Bem, incondicionalmente, a todo instante. Um 
  compromisso que temos com Aquele que nos presenteou com a vida. Sim, todos 
  nós, existimos por Ele e Nele necessitamos caminhar e viver.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Decreto de Proteção - Miguel Arcanjo


                     Decreto  de Proteção - Miguel  Arcanjo

Ao lidar com um problema sério  relacionados à conflitos, isolamento, carência,  perigos,  adversidades,  adversários, energias da escuridão, inimigos,  e drogas você não combate apenas as adversidades, o medo, a indecisão,  o ódio,  mas poder ser  o vício.

Se você  circula em ambientes e em lugares perigosos, e sua
 vida corre perigo, faça estas orações  de proteção.
 Peça ao Senhor que o encoraje. Não é hora de entregar- se.
Dharmadhannya

"É hora de ser audacioso, porque, em nome de Deus, você está comandando a ação da luz e as hostes angélicas para que lutem por você. A luz de Deus nos dá poder, força, coragem e audácia para lidarmos até mesmo com os problemas mais difíceis.


Os anjos precisam do momentum da energia da prece para agir no mundo. A repetição de um fiat ou de um decreto várias vezes não é em vão; faz parte da ciência da palavra fala­da em nossas devoções.

Quando você faz um decreto para o Arcanjo Miguel, sua aura é preenchida com a chama azul do arcanjo. A vibração e a energia da chama de Miguel contêm as seguintes qualida­des: fé, vontade divina, proteção e perfeição.

Ao fazer o decreto, você estabelece aqui embaixo um magneto que atrai as qualidades que você deseja que o Arcanjo Miguel lhe traga. Quanto maior o momentum de chama azul, mais chama azul magnetizamos das hostes angélicas.

A repetição é o meio pelo qual você desenvolve um momentum de luz de determinada frequência, com um propósito específico. Você pode ampliar o momentum rezando diariamente e, se possível, à mesma hora do dia.

Quando invocamos o Arcanjo Miguel para agir em uma situação que envolve milhares de pessoas — como, por exemplo, drogas, terrorismo, guerra e desastres naturais —, temos de repetir o decreto muitas vezes para desenvolver o momentum adequado que permita aos anjos agir efetivamente.


Reservatório de Luz
Depois de decretar para o Arcanjo Miguel por algum tempo você perceberá que algo se modifica, que algo se estabelece em seu interior. Você sentirá um fluxo tangível de luz transpassá-lo. Será como um deslocamento rápido de luz sentido em todo seu corpo.

Sua sensação de esforço diminuirá e você se sentirá purificado. E nesse momento reconhecerá que ao desenvolver um momentum de devoção suas preces abrem caminho para o Arcanjo Miguel literalmente sobrepor sua Presença sobre você.

terça-feira, 25 de agosto de 2015

EU SOU A VONTADE DE DEUS






Esta  invocação pode ser feita em momentos de estagnação, limitação, carencia, humilhação, de dúvidas, de sentimento de perda, quando precisamos abrir mão, desapegar, ou quando estamos lutando com as adversidades e precisamos vencer e vencer. Quando entregamos nossa vida à vontade de Deus, nos unimos com a Graça da Fonte,  com a luz do Dharma da Divina Presença Individualizada e Universal. Dharmadhannya

EU SOU A VONTADE DE DEUS
Se necessário grave e ouça durante 15 minutos ou 30minutos, até que sua mente entre na harmonia do silencio e da entrega à Deus . 
Que a força da UNidade seja nossa luz e nosso caminho

Em nome da amada poderosa e vitoriosa Presença de Deus, EU SOU em mim, e do meu amado Santo Cristo Pessoal; Eu invoco o coração da Vontade de Deus no Grande Sol Central; o amado Arcanjo Miguel, o amado El Morya, o amado e poderoso Hércules, e todas as legiões do relâmpago azul; 

os Irmãos do coração de Diamante, o amado Lanello, todo o Espírito da Grande Fraternidade Branca; a Mãe do Mundo, e a vida elemental do fogo, do ar, da água e da terra! Para reavivar a chama da Vontade de Deus, através dos meus quatro corpos inferiores; respondam a este meu chamado, infinitamente, agora e para sempre:

1. EU SOU a Força da Vontade de Deus, manifestada em todos os lugares,
    EU SOU a Luz  Vontade de Deus, perfeita, e incomparável, 
    EU SOU a Graça Vontade de Deus tão bela e justa, 

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Obsessão



Eu gostei muito do texto. E  pensei na lei da atração e da afinidade que une todas as coisas. A auto estima define o grau da nossa obsessão. A tristeza, a raiva, o medo abrem buracos na aura e a personalidade se une com  a egrégora de seres vivos e mortos que vibram com a mesma sintonia

OBSESSÃO CONSENTIDA
Por que e como permitimos sermos influenciados de forma permanente, caracterizando a obsessão? Qual é a importância do autoconhecimento e do equilíbrio psicoemocional?

Em primeiro lugar, cabe a pergunta: EXISTE OBSESSÃO CONSENTIDA?

Nós permitimos, nós consentimos que outros seres, desencarnados, nos influenciem de forma nociva, danosa, e ostensivamente?

Após 34 anos de experiência com a obsessão, lidando com essa realidade em reuniões mediúnicas ou fora delas, creio que praticamente toda obsessão é consentida, consciente ou inconscientemente.

Por que e como permitimos sermos influenciados de forma permanente, caracterizando a obsessão?

A obsessão não é uma influência espiritual esporádica, eventual, episódica!
A obsessão só se caracteriza quando há uma influência constante, diária ou quase, com danos mentais, emocionais, e muitas vezes até mesmo físicos.

Para respondermos a pergunta acima, acerca da razão de permitirmos e como permitimos que nos obsediem, façamos inicialmente algumas considerações acerca de equilíbrio, vibração, campo de força ou aura.

Sabemos que todos os nossos corpos absorvem e emitem energias. Desde o corpo físico, até os corpos mais sutis, todos emitem energia, como uma lâmpada recebendo eletricidade e emitindo luz para todos os lados.

A qualidade da energia, o teor vibratório da energia que emitimos depende da qualidade da energia que absorvemos, e também depende do nosso equilíbrio interno.

Uma pessoa equilibrada, física, emocional e sentimentalmente emite uma energia de teor vibratório elevado. Ou seja, vibra em alta potência! Essas pessoas não podem ser alvos de obsessão! Por quê? Simplesmente por falta de sintonia vibratória!

Uma pessoa sem vícios, sem desajustes de tipo algum, e que está sempre pensando em coisas boas, sempre ajudando as pessoas, cheia de compaixão e de amor no coração produz ao redor de si uma aura, um campo de energia, um campo de forças que é um verdadeiro escudo protetor natural. Essas pessoas jamais são obsidiadas!

Para exemplificar com pessoas reais do nosso tempo, pensemos em pessoas como Irmã Dulce, Madre Tereza de Calcutá, Chico Xavier, o Dalai Lama e João Paulo II.

 Nenhuma delas foi ou poderia ser alvo de obsessão! Do passado, pessoas como São Francisco de Assis, Buda e Jesus são talvez os maiores exemplos de equilíbrio, bondade, compaixão, coração puro e amor ao próximo.

Impensável imaginar essas pessoas sofrendo influência espiritual negativa, nociva, mesmo que ela fosse tentada diretamente pelo espírito das trevas mais poderoso da Terra!

 Nenhum ser das trevas encontrava ou encontra efetivamente brecha no campo de forças, na aura, no campo vibracional desses seres, porque o equilíbrio interior produzia uma emissão poderosa de energia que gerava o campo de força protetor natural.

Mesmo que não estivessem orando o tempo todo, e ninguém fica, o estado interior da mente, serena, pacificada, sem desajustes de forma alguma, e ainda o estado emocional e amor que sentiam pelos seres mantinham um equilíbrio energético permanente, sendo essa a proteção natural delas.

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

" A União com o seu Eu Superior"




" A união com o seu Eu Superior"

Antes de mais nada, crie um santuário interno tranquilo para se encontrar com o seu Eu Superior — talvez um prado cheio de sol, uma caverna de cristal, uma praia deserta ou as margens relvadas de um rio.

Visite esse santuário diversas vezes durante a meditação. preparando-se para conhecer o seu Eu Superior. Mais cedo ou mais tarde você vai sentir uma outra presença em seu santuário — e saber que o seu Eu Superior chegou. Deixe que ele o banhe com seu amor e luz. Una-se a ele.

Da próxima vez que você visitar o santuário, peça que o seu Eu Superior apareça na forma humana. Veja, toque, sinta, ame e seja amado pela personificação do seu Eu Superior.

Imagine sua aparência e como seria daqui a 1000 anos. O Seu Superior é a sua essência, o seu vir-a-ser.

 Pergunte-lhe qual é o seu nome. Comece a construir um relacionamento íntimo e cheio de confiança com esse amigo com quem você há muito tinha perdido contato.

Com o tempo, você poderá descobrir que o seu Eu Superior entra em muitas de suas meditações, oferecendo-lhe afetuosa orientação e apoio – e que com frequência cada vez maior, você ouve sua voz em estado de vigília. Você está se unindo ao seu Eu Superior.

 Você está se unindo ao seu Eu Superior ou Divina  Presença – isso significa que você está expandindo sua consciência na Unidade.

Curando o planeta.

Você pode imaginar que o Seu  Superior ou Divina  Presença tem a forma de um Buda e que ele assume a sua consciência.

Pense num problema global que diga respeito a você e que o faça condoer-se — uma região assolada pela fome,  uma zona de guerra, criação de animais em confinamento, os sem-teto da sua cidade, prisioneiros políticos ou estocagem de armas nucleares...

Durante 10-15 minutos por dia, com regularidade, assuma a consciência do seu Buda Interior. Seu coração está tomado pela compaixão de todos os Budas, de todas as Taras ou Mãe Divina.

Sinta o fluxo da Unidade do amor de todas as almas, de todos os Budas, ou de Cristo,  dirija luz e energia curativas para esse problema — seja concentrando-se naqueles que precisam adotar uma atitude positiva ou nos que devem fazer novas escolhas — (quer você saiba ou não quem são eles).

Quando você está vibrando com a compaixão de todos os Budas, a compaixão irá inundar  a sua vida, a sua casa, o seu coração e liberar dharma pra o bem de todos.

A compaixão libera laços, prisões, e sofrimentos.

Relaxe profundamente e, então, envie mentalmente a qualidade da alma que for mais necessária — quem sabe amor, paz, confiança, sabedoria, compaixão ou coragem. Deixe que essa qualidade assuma a forma de uma luz colorida — da cor que lhe parecer apropriada
— e banhe a pessoa ou região com essa cor. Saiba que essa energia de cura causará um impacto. Então, tranquilamente , volte para o quarto onde estava.

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Magia do Magnetismo Curador





Magia do Magnetismo Curador


(Texto retirado do livro: Chama Crística)

"Logo depois de surgirem as primeiras manifestações do pensamento, durante o processo evolutivo do homem primitivo, ele viu-se igual aos semelhantes que o cercavam, mas sentiu-se único e diferente.

 Em certo estágio, passou a comunicar se por sons articulados, por palavras inteligíveis, adquirindo condições de transmitir aos seus descendentes imediatos os conhecimentos conquistados.

 Com o passar dos milênios, dominando as técnicas de obtenção dos alimentos e proteção da prole, supriu as suas necessidades básicas, conquistou abrigo e começou a se reproduzir. Conscientizou-se do fenômeno da morte e passou a questionar o porquê das coisas que o rodeavam.

Os mais evidentes questionamentos foram a luz e as trevas, o sentido da vida e do calor, o enigma da abóbada celeste e a supremacia do Sol. Por trás do fogo, primordial à vida de então, inconscientemente pressentiu algo imaterial, uma luz inteligente que lhe propiciava segurança; pálida lembrança da Suprema Divindade que o criou.

 Contemplando o espetáculo do firmamento estrelado, despertou-se-lhe a curiosidade. Quando via as folhas das árvores balançando ao vento, imaginava um ser oculto. Diante de um temporal com raios e trovões; 
concebia um Deus poderoso e irado.

 Com uma compulsividade nata de atribuir Divindade aos fenômenos que não compreendia, demonstrava ser a semente cósmica do Criador, destinada a germinar. Possuindo uma noção exata de algo superior, transcendendo ao seu entendimento, ansiava atingir o inatingível, possuir o poder
da magia. Contemplando o astro rei, o Sol, sentia-se seguro, em quase êxtase sublimado, engrandecido. Essas primeiras reflexões abstratas faziam parte daquele ser que deixava para trás a consciência mais primitiva e tomava-se autoconsciente, que era único, fazendo parte de um Todo incompreensível.

Estavam instaladas no orbe terrícola as condições básicas da .evolução para a influência favorável dos Maiorais siderais e das instâncias de grau mais elevado no planejamento cósmico, encarregados da evolução da vida nos incontáveis planetas do Universo;

 para a vinda, de outras constelações, de espíritos mais evoluídos, que trariam conhecimentos e acompanhariam outros emigrados exilados, que não tinham condições morais de permanecer naquelas instâncias mais evoluídas, sendo-lhes imposta a 'continuidade evolutiva em orbes mais atrasados.

 Chega, então, enorme agrupamento de espíritos emigrados, que se estabelecem e formam colônia no Astral da antiga Lemúria e da Atlântida. Os sacerdotes iniciados, líderes daquelas colônias astralinas, trazem consigo o conhecimento esotérico Aumbandhã, significando a própria "Lei Maior Divina".

 Eram de grande mentalismo; dominavam, com desenvoltura rotineira, o que se designa em vosso vocabulário atual como transmutação alquímica, fluidologia e ectoplasmia curativa, materialização e desmaterialização, magnetismo e cromoterapia, desdobramentos dos corpos mediadores físico, etérico, astral e mental; controlavam, perfeitamente, os elementais nas suas sete gradações ou sete planos vibracionais de manifestação do espírito.

 Esses elementais, formas energéticas neutras - não são positivos nem negativos, nem bons nem maus -, eram utilizados pelos sacerdotes, magos brancos atlantes, que assim arregimentavam as forças ocultas necessárias à magia, à construção e à evolução das criaturas.

terça-feira, 18 de agosto de 2015

A Força da Vitória




A Força da  Vitória 




"O treinamento para a Vitória.

Steve ajudou-me a compreender algo que vive dentro de todos nós, algo que ele chamava de “a voz”. Quando você acorda pela manhã, “a voz” está logo ali, dizendo que você está cansado demais para se levantar. Ou doente demais para ir ao trabalho.

Dentro de nós existem muitos personagens e precisamos identificar esta voz e lhe dar um nome, um nome para voz amiga, e um nome para a voz que censura, limita, que é a crítica... (1)

“Conhece-te- a ti mesmo e conhecerás o universo e os deuses”

Este personagem pode ter sido internalizado com o rosto do Pai severo, da mãe amiga, do irmão “ chato”...

Durante uma reunião de vendas quando você está prestes a dizer algo ousado para um cliente, a voz pode tentar convencê-lo para não se arriscar tanto. “Preste atenção”. “Tome cuidado.”

“O truque está”, dizia Steve, “em não ignorar ou negar a existência da voz. Porque ela está ali, em todos nós. Está em Michael Jordan. Em todo mundo. Ninguém está livre da voz. Entretanto, você não é obrigado a obedecer a voz. Você pode responder a ela.

 E quando estiver realmente preparado, poderá inclusive conversar com a voz com desrespeito. Tire sarro dela. Ridicularize-a. Diga o quanto ela é estúpida. E assim que você conseguir ter essa postura de discutir com suas próprias dúvidas, começará a reassumir o controle de sua vida”.

Muitas vezes enquanto eu estava no meio de um grande projeto de negócios, pedia a Steve para reunir-se comigo por uma hora. Depois de o ouvir por alguns minutos, ele quase que invariavelmente conseguia ver o que estava “faltando” em meu comportamento.

 E como um excelente professor de golfe assistindo às tacadas de Nick, ele dizia:


“Você está disposto a aceitar um pouco de treino para isso?”. E com veemência eu respondia que sim. Então ele me dizia honestamente, às vezes bruscamente, o que estava vendo. Nem sempre gostava do que ele via, mas eu sempre crescia e me fortalecia ao conversar sobre aquilo.

domingo, 16 de agosto de 2015

Ponte de Luz com o Eu Superior - Intuição



Ponte de Luz com o Eu Superior - Intuição


"Suas escolhas, seu destino, seu objetivo, a sua missão,e o seu  Dharma"
LAUNA Huffines

Eu fiz alguns comentários com a letra azul. Dharmadhannya. 

Como saber qual é o nosso verdadeiro objetivo? Assim que conhecermos nosso objetivo, como conseguir poder e luz suficientes a fim de coloca-lo em prática?

E como parar de usar tanto tempo e energia em atividades que têm pouco valor para nós? Eis algumas perguntas críticas que muitas pessoas fazem a si mesmas.

Eu medito diariamente, em todos os momentos do dia, assim:

Eu imagino um ponto de Luz que brilha no Sol do corpo do Grande Sol Central, onde reluz milhões de mônadas no corpo do Logos Solar)

“Desde um ponto de Luz na Mente de Deus”
Mente de Deus – Aquele em quem vivemos, nos movemos e temos nosso ser”.

“Que aflua luz às mentes dos homens”.
Que aflua luz a minha mente, à minha consciência, para que eu possa realizar a Vontade Deus, iluminada com o amor-sabedoria, com a luz da pura razão.

“Que a luz desça a Terra”.
Que a luz desça iluminando a minha vida e o meu destino.
Inspirado na Grande Invocação. Alice Bailey

Há tanta luz permeando as mentes e penetrando nas células do corpo, que, para aqueles que desejam ajudar, o dilema consiste no que fazer com toda essa luz.

EXERCÍCIO
COMO DESCOBRIR O SEU OBJETIVO
Escolher o objetivo que reverbera mais claramente dentro do seu coração e de sua mente acrescenta significado e alegria à sua vida.

Reserve alguns poucos minutos a fim de ter certeza a ponto de poder descrevê-lo em apenas algumas frases, muito embora você já sinta alguma coisa a seu respeito.

Pegue três folhas de papel e copie uma das perguntas a seguir no alto de cada folha. Em seguida, sente-se em silêncio e acalme a sua mente. É preciso desligar-se da concentração diária no trabalho e permitir que uma sensação de serenidade permeie todo o seu corpo.
Mude-se para o santuário interior luminoso do seu Templo de Luz. Sinta o silêncio, estabelecendo um canal mais profundo através do qual possa ver o verdadeiro objetivo da sua vida.

Decreto para a cura e para a sáude



Afirmação - Meu corpo é eternamente jovem e saudável





Meu corpo é saudável e imutável...
Eternamente Jovem
Chris  Griscom

Aqui, algumas afirmações criadas por ela para fazer pela manha, ao invés de murmurar habitualmente “Estou cansado demais, ou ‘Ai, meu corpo, estou ficando velho” e outras baboseiras que costumamos falar.

Diga, ao contrário, ao seu corpo, como ele é maravilhoso, e como funciona perfeitamente; enquanto dirigir, ou no banho, faça essas afirmações. Visualize imagens. Pronuncie cada declaração e sinta-a como verdadeira.

Hoje estou muito melhor do que ontem, e amanhã estarei muito melhor do que hoje.

Diariamente a Graça da cura do Espirito Santo me abençoa com a saúde, com a luz da força da saúde no meu sangue, nos meus ossos, e  glândulas. 
Hoje minhas células estão sendo renovadas com a Graça da harmonia que é o meu  Tao.
Agradeço a Presença Divina do Espirito Santo que me renova todos os dias. ativa meus hormônios da juventude e  para uma saúde perfeita . Amem!
Hoje estou muito melhor do ontem, e amanhã estarei muito melhor do que hoje

Meu corpo é imutável. É flexível, cheio de graça e possui uma energia eterna.
Meus olhos têm um brilho especial, são luminosos e transmitem sabedoria.
Posso enxergar perfeitamente. Vejo os mundos visível e invisível.

Minha pele é luminosa e vibrante. Sempre exalo um bom perfume.
Meus cabelos brilham, são fartos.
Meus dentes e gengivas são saudáveis.
Meus músculos permitem-me fazer qualquer coisa que eu queira. Sou forte.
Meu coração nem precisa esforçar-se muito e bate feliz.
Meu coração adora irrigar meu corpo com sangue para me nutrir.

Passando O Cálice da Graças Infinitas de Deus.






Passando para você o cálice das graças infinitas de Deus...
COMO FAZER A PRECE E DAR   FORMAS AOS PENSAMENTO.

O conceito básico da prece na Huna está contido em um certo número de palavras familiares e significativas para o iniciado na tradição, mas carente de qualquer sentido especial para alguém de fora.


O “cálice” que é preenchido até transbordar é um dos excelentes símbolos, porque um cálice pode representar o cacho de formas-pensamento usado ao compor a prece, que vai ser feita pelos eus básico e médio e enviada telepaticamente ao longo do cordão aka, para o Eu Superior (Divina  Presença, Alma, Espírito, Mônada)

O preenchimento do cálice simboliza a “resposta” da prece pelo Eu Superior. Isto também permite um símbolo adicional muito bom de como ele dá a resposta.

Ao enviar um acúmulo de mana para cima, ao longo do cordão aka para o Eu Superior, carregando telepaticamente as formas de pensamento que incorporam a prece e fazem um cacho ou “cálice”, o mana é simbolizado como água se erguendo de uma fonte.

Quando ela alcança o Eu Superior, é transformada em neblina ou nuvem (substância), e é usada para realizar as circunstâncias que darão a resposta à prece.

Após a passagem de tempo suficiente (a não ser que a resposta seja dada instantaneamente), a situação aparece como uma realidade física. Isto é simbolizado como o derramamento de gotas de chuva do Eu Superior para preencher o cálice.

(Um belo uso desta taça e chuva é encontrado na moderna versão do baralho do Tarot, reunido por Waite e conhecido como o “conjunto Pamela Smith).

No Egito, e especialmente na Índia, o cálice era substituído por um lótus dourado, que é em si próprio um cálice. Por causa do fato do lótus nascer do brejo em caule longo (representando o cordão aka) e porque flutua na água (símbolo do mana do eu básico), serve bem para ilustrar as coisas necessárias para a prece.

O significado Huna dos simbolos perdeu-se em alguma época e na India de hoje o lótus tem outros significados — embora a frase “Oh! a jóia no lótus” usada em mantras, indique o mana simbolizado pela chuva ou orvalho caindo em gotas para preencher o cálice.

Os kahunas, nas distantes eras, certificaram-se bem de que o símbolo do cálice não seria confundido. Fizeram isto reunindo as palavras que significavam “jato de água” e “um cordão” para formar ki-aka, a palavra usada ainda hoje para “cálice”.


sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Invocação do Raio dourado





INVOCAÇÃO PARA A MANIFESTAÇÃO DO RAIO DOURADO

Ó Seres Celestiais da Sabedoria, despertai em nós as virtudes do Raio Dourado!

Imersos na vossa Presença, afirmamos a nossa identidade, modelada pelo Raio Dourado:

Eu Sou a Sabedoria.
Eu Sou a Compreensão.
Eu Sou a Iluminação.
Eu Sou a Paciência.


Eu Sou a Prudência.
Eu Sou a Sensatez.
Eu Sou a Tolerância.


Eu Sou a Mestria.
Eu Sou o Discernimento.
Eu Sou o Amor ao Saber.
Eu Sou o Ensinamento.


Eu Sou a Educação.
Eu Sou a Vitória.

Equilibrai a nossa Chama Trina! Aumentai a pluma da sabedoria, se nos faltar sabedoria! Equilibrai o Raio Dourado em nós, através do poder e do amor.

Neutralizai por meio da Chama Violeta a ação do falso eu em nós, especificamente relacionada com o mau uso do Raio Dourado e transmutai as imperfeições que nos impedem de manifestar a 

sabedoria. Desfazei em nós as distorções da manifestação do Raio Dourado e todas as manifestações do orgulho em nós e em cada filho e filha de Deus! Acabai com as várias faces do orgulho em nós: a vaidade espiritual, a soberba, a ganância, a inteligência serpentina, a 

HANIEL – A CONSCIÊNCIA DO SER



                                 HANIEL – A CONSCIÊNCIA DO SER





Mensagem do Amado Haniel
Canalizado por Elsa Farrus
Em 11 de agosto de 2015

Sou Haniel em nome da luz e do amor.

Amados seres de luz, as mudanças na consciência da água de seus corpos estão se elaborando nos próximos tempos, períodos estão se encerrando e abrindo novas conexões entre o corpo físico mais denso e seus corpos de luz mais etéreos, estas interconexões vão facilitar o poder de trabalhar em consciência nos primeiros anos todos os resíduos emocionais que os irritam, em particular as iras internas das últimas vidas e tempos por não aceitarem ser vocês mesmos.

Tudo isso estava no líquido amniótico e está no líquido interno de sua membrana celular.

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

emoções e a meditação sobre a compaixão





O Mapa das Emoções e a Meditação sobre a Compaixão

http://equilibrando.me/2015/07/17/o-mapa-das-emocoes-e-a-meditacao-sobre-a-compaixao/


O céu estava nublado naquela manhã, mas ocorria um caloroso reencontro entre Sua Santidade o Dalai Lama e seu velho amigo Paul Ekman. Acompanhado de sua filha Eve, de sua esposa Mary Ann Mason e de Eric Rodenback, Ekman veio para relatar o progresso na criação de um Mapa de Emoções. Sua Santidade iniciou a conversa:
2015-07-04-LA-N01
Sua Santidade o Dalai Lama e Paul Ekman

“Nosso foco deve ser todos os 7 bilhões de seres humanos que vivem hoje neste planeta, cada um deles querendo ter uma vida feliz. Estamos tentando fazer com que saibam que a felicidade não é totalmente dependente de dinheiro e de coisas materiais, mas sim de valores internos como a compaixão, sem que precisem ter uma crença religiosa. Estamos tentando adotar uma abordagem secular, que possa atingir todos os seres humanos.”
“Nesse esforço, eu valorizo especialmente os cientistas, porque eles tendem a ser movidos unicamente pela experiência e por evidências. Nós devemos fundamentar a promoção dos valores seculares na nossa experiência comum de termos nascido e de termos sido criados sob o abrigo do carinho dos nossos pais; no senso comum, tais como o de observar que as pessoas que facilmente cedem à raiva não são felizes; e em evidências científicas que revelam a importância de valores internos como a compaixão. Pode ser que você tenha embarcado sozinho nesse seu trabalho, mas agora há muitos outros que buscam isso também.”
Ekman respondeu: “Você me disse que precisávamos de um mapa das emoções e eu avaliei o trabalho de 250 cientistas que estudam as emoções. Identificamos cinco emoções fundamentais: prazer, raiva, medo, tristeza e aversão. Queremos mostrar como elas funcionam, como as emoções podem nos ajudar, mas também como podem nos trazer problemas.”
Ekman explicou que para este mapa das emoções, apresentado como um modelo de computador, as emoções foram identificadas da maneira como são geralmente definidas em inglês. Ele reconheceu que há emoções que não são nomeadas em Inglês como “schadenfreude” – ter prazer com o desconforto de alguém de quem não gostamos – e “naches“, termo em iídiche que se refere ao orgulho e a alegria que os pais sentem por seus filhos. Ele afirmou que em essa tarefa de delinear e esclarecer as emoções destrutivas e construtivas e as emoções associadas não havia sido tentada em lugar algum. Sua Santidade concordou que as emoções não surgem isoladamente, mas em relação a outras emoções.